Procura-se um homem…

10/01/2010

Que ame os Beatles e deteste ervilhas…

Um homem que não se importe em virar personagem

Que permita pequenos surtos

Que dê liberdade poética

Procura-se um homem

Que esteja disposto a amores incondicionais

Aos escândalos por ciúmes

À procura constante

Procura-se um homem que não se perca diante do espelho

Que tenha os pés no chão

Mas que deixe o pensamento voar

Procura-se um homem que goste de incensos

Cultive os sabores

Que cultive manias irritantes

Procura-se um homem que tenha cartões de crédito vencidos

Que precise de ajuda com golas

Que deixe escolher as gravatas e organizar as meias

Procura-se um homem que encontre pulgas nos tapetes

E jamais deixe pêlos no sabonete

Procura-se um homem que queira uma mulher perdigueira

Daquelas que demonstram amor cheirando camisas e procurando marcas de batom

Procura-se um homem que queira uma mulher que deixe marcas, arranhões

Que o acorde de madrugada falando baixinho

Que recorde de todas as datas e lembre o local de cada beijo

Procura-se um homem que a beije com a mesma paixão da primeira vez

Que faça com que toda a noite ela sinta como uma primeira vez

Procura-se um homem que seque lágrimas

Segure mãos e aproxime o corpo durante o sono

Procura-se um homem que organize os cd’s  e divida a alegria das raridades

Um homem que goste dos mesmos filmes

Que tenha lido os mesmo livros

Um homem que minta descaradamente quando a mentira agradar

E que busque a perfeição quando resolver dizer verdades

Um homem que demonstre amor de forma pública, exagerada e vândala

Que piche muros e ruas pra dizer o quanto ela é importante

Um homem que ame Willy Wonca e Woody Allen

Que discretamente recrimine as roupas que o enlouquecem

Que repare nas unhas e cabelos

Procura-se um homem de olhos azuis e pensamento verde

Que conheça o céu

Que saiba quando é hora de parar

E que não pare mesmo que ela implore….

Anúncios

2 Respostas to “Procura-se um homem…”

  1. Amigaaaa, show de bola!
    Adorei o texto!!Também tô procurando um assim p mim, mas tá difícerrrr,ehehhe. Olha, mas que ele não tenha o cartão de crédito vencido né,ehehheh.

    Bjusss

  2. Ai, Amanda, sinto dizer que esse poema busca o impossível – hehe
    Lila Czar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: