Te amo…

10/11/2009

Te amo… ela disse, mas não sem lágrimas nos olhos e a voz embargada

Te amo como se dependesse de ti a minha existência

Te amo, hoje de uma forma diferente, um amor intenso… imenso…. desmedido

Te amo como se nada tivesse acontecido

Como se o medo não tivesse tomado conta de nós

Te amo como se já te conhecesse há muito tempo

Te amo, mas tive medo

Fugi…

Te amo… ele disse, com voz rouca quase falha…

Disse de verdade… com o coração

Te amo desde o dia em que te vi, mesmo de longe

Te amo mesmo que esta distância nos impeça

Te amo mesmo que o tempo não colabore

Te amo com todas as palavras

E te amo ainda mais, apesar de todo esse silêncio…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: