Eu não escrevo…

03/04/2009

Peças, contos ou poemas. Não escrevo odes nem sonetos.
Não escrevo sobre amigos ou o que me rodeia.
Não escrevo sobre pessoas, paixões ou passos.
Não escrevo sobre ódio, nem dor… nem medo…
E, definitivamente, não escrevo sobre mim…
Portanto, não sei o que faço… Nem o porquê de tudo que acontece.
Não sei usar crase, nem os “porquês” da maneira correta.
Exagero em pontos, vírgulas e reticências… Gosto das lacunas e meias palavras
De ironias e faltas de paciência…
Cansada de platonismos de buscar sempre o impossível.

Não escrevo sobre amor, sexo, nem desejo.
Não escrevo sobre os problemas do mundo. A crise mundial e as próximas eleições.
Escrevo sobre duvidas, angustias e agonias…
Sem querer falo em morte… dor… medo.
Sendo assim, escrevo só pra me sentir um pouco melhor, pra aliviar a mente das palavras que me desconcentram do que é realmente importante.
No final das contas nada importa.
É só uma tentativa se encontrar em si mesmo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: